Eng. José de Mascarenhas Pedroso Belard da Fonseca


Eng. José de Mascarenhas Pedroso Belard da Fonseca (1899-1959)

Retrato a óleo de c. 1950 na Ordem dos Engenheiros

N. Chamusca, Santarém 2/8/1899, filho do Coronel António Belard da Fonseca, 2º Visconde de Santa Margarida (1874-1956) e de sua mulher D. Emília Palyart Saldanha de Vasconcelos e Mascarenhas Pedroso (1876-1958)

F. Lisboa 4/7/1969

Casou no oratório da Quinta do Cruzeiro em Mogofores a 11/11/1931 com D. Rosa Cancela Ferreira Tavares (1909-2006), filha de António Luís Ferreira Tavares e de D. Isaura Cancela, e neta paterna do 1º barão do Cruzeiro, de quem teve:


Engenheiro civil, professor catedrático e director (1942-1953) do Instituto Superior Técnico, vice-reitor da Universidade Técnica de Lisboa.

Foi procurador à Câmara Corporativa como representante das empresas de construção (1935-1942).

Foi director da Companhia da Ilha do Príncipe, presidente do conselho de administração da SECIL (Companhia Geral de Cal e Cimento), presidente do conselho directivo da Ordem dos Engenheiros (1947-1950).

Condecorações: comendador da Ordem de Cristo, grande oficial da Ordem da Instrução Pública, comendador das Ordens de Danneborg, da Dinamarca, e do Nilo, do Egipto, grande oficial da Ordem do Mérito da Alemanha, oficial da Ordem de S. Silvestre da Santa Sé, cavaleiro da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém.

Há um verbete sobre ele na "Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira", que se reproduz aqui:

Verbete sobre o Eng. José de Mascarenhas Pedroso Belard da Fonseca (1899-1959) na GEPB, c. 1940

"Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira", vol. 4, pg. 459 (c. 1940)

Existe também uma página a seu respeito na Wikipédia, versão portuguesa:

José Belard da Fonseca na Wikipédia


Eng. José de Mascarenhas Pedroso Belard da Fonseca (1899-1959)

Fotografia de c. 1940?. In "Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira", vol. 4, pg. 459