Os Belard

D. Francisco de Assis Velarde y Romero (1823-1892)

D. Francisco de Assis Velarde y Romero (1823-1892)

Este site é dos Belard portugueses[1]. Não seremos talvez muitos, mas já somos umas centenas, espalhados um pouco por todo o mundo - Brasil, Macau, Inglaterra, México, Irlanda, Venezuela, Tasmânia... E somos todos primos, porque corre nas veias de todos nós o sangue do mesmo D. Francisco Velarde cujo retrato encima esta página.

O propósito destas páginas é precisamente juntar todos os descendentes de D. Francisco de Assis Velarde y Romero, o primeiro que usou o apelido Belard em Portugal. Sempre que possível, criar-se-á uma página para cada um dos seus descendentes, com uma ou mais fotografias, um resumo biográfico (no mínimo as suas datas de nascimento e morte) e as ligações genealógicas relevantes, eventualmente com uma ou outra incursão por outras ascendências quando entender relevante.

A fonte principal destas informações é o livro do Dr. Jorge Forjaz, recentemente (2011) publicado, com o título “Genealogias de São Tomé e Príncipe - Subsídios”, uma obra a todos os títulos notável. Estão aí os dados essenciais de quase todos os descendentes de D. Francisco de Assis Velarde y Romero (Belard), particularmente nos Títulos Belard, Fonseca e Mantero. A estas informações acrescentarei outros dados na minha posse, alguns compilados por mim de papéis de família, outros recolhidos de informações de familiares, outros ainda coligidos noutras publicações, que serão devidamente referidas quando se justifique.

Na medida do tempo disponível, pretendo também publicar aqui grande parte das fotografias antigas de família que possuo, com um especial e compreensível destaque para aqueles que me estão mais próximos e dos quais, por essa razão, disponho de mais elementos.

Mas é evidente que um trabalho desta natureza e dimensão dificilmente pode ser levado a cabo apenas por uma pessoa. Apelo, por isso, à colaboração dos meus muitos primos, aqueles que conheço e os outros que eventualmente descubram este site, e mesmo àqueles que já não usam o apelido, para que me ajudem, rectificando os elementos que eu possa ter errados, enviando-me informações e principalmente fotografias que me faltem, e colaborando da forma que entenderem na construção deste site que pretende ser um património comum da nossa família e um legado para as novas gerações. Gostaria muito de dar um rosto a cada um de nós, tanto aos actuais Belard como àqueles que já desapareceram. Está disponível para este fim um endereço de correio electrónico exclusivo:

familiabelard@zonmail.pt

Posso não responder logo, posso demorar a incluir os vossos elementos no site, mas garanto que todas as informações serão tidas em conta e tratadas assim que me for possível.

Aguardo as vossas notícias e convido-vos a começar a visita por aqui:


Um abraço grato do   

Luís Belard da Fonseca



[1] Há outros Belards, nomeadamente em França, que não têm nenhum parentesco conhecido com os Belards portugueses (v. neste site A origem do apelido Belard).


Este site  foi visitado

vezes desde 1 de Janeiro de 2012